Notícia

Mulher e Direitos Humanos

Secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos do Estado de Alagoas
Terça, 28 Março 2017 11:14

Seminário discute empoderamento político da mulher nordestina

Encontro promovido pela Semudh acontece sexta-feira (31), e contará com a presença da secretária Nacional de Políticas para as Mulheres

Importância e o fomento da autonomia econômica e da economia solidária também serão discutidos por representantes dos Ministérios da Integração, do Trabalho e do Meio Ambiente Importância e o fomento da autonomia econômica e da economia solidária também serão discutidos por representantes dos Ministérios da Integração, do Trabalho e do Meio Ambiente

Texto de SirleyVeloso

 

Cerca de 200 mulheres devem participar do Seminário Mulheres Nordestinas, que será realizado pela Secretaria de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos (Semudh) em parceria com a Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres , nesta sexta-feira (31), no Centro de Convenções Ruth Cardoso, em Jaraguá.  O empoderamento político da mulher nordestina como ferramenta de enfrentamento à violência é um dos propósitos do evento que reunirá mulheres de vários estados da região, além de parlamentares e ministros de Estado.

 

O seminário pretende discutir, de forma particular, a questão da mulher nordestina, com foco na ampliação do espaço feminino na atualidade.  Entre os temas a serem abordados estão: Políticas para as Mulheres do Sertão, Cidadania e inclusão Social e Desafios e Perspectivas para as Mulheres. As palestras terão como mediadora a secretária da Mulher do Estado de Pernambuco e entre as debatedoras a secretária Nacional, Fátima Pelaes.

 

Na oportunidade, o Ministério da Saúde promoverá rodas de conversa sobre a saúde das mulheres nordestinas.  A Violência contra a mulher e suas múltiplas formas; Saúde Sexual e Saúde Reprodutiva e Direito Sexual e Direito Reprodutivo são temas norteadores dos debates.

 

Para a secretária de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos de Alagoas, Claudia Simões, que irá falar sobre saúde mental, o momento será uma excelente oportunidade para a construção de políticas públicas cada vez mais eficazes. “Nós mulheres nordestinas temos nossas peculiaridades e podermos discuti-las durante esse encontro, com as várias lideranças, possibilitará a implementação de políticas públicas cada vez mais acertivas ”.

 

A importância e o fomento da autonomia econômica e da economia solidária também serão discutidos por representantes dos Ministérios da Integração, do Trabalho e do Meio Ambiente. O momento contará ainda, com a presença da direção do Instituto Avon, na Região Nordeste, que fará uma apresentação sobre empreendedorismo feminino e a relevância da autonomia econômica e da autoestima para a superação da violência.

 

As inscrições para o seminário devem ser feitas pelo  www.semudhal.blogspot.com e estão limitadas a 200 participantes