Notícia

Mulher e Direitos Humanos

Secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos do Estado de Alagoas
Segunda, 09 Março 2020 17:08
MÊS DA MULHER

Semudh participa do Nossa Praia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher

Ação levou, à praia da Pajuçara, empoderamento feminino e conscientização sobre o enfrentamento da violência contra a mulher.

Evento realizado na rua fechada contou com a presença e participação ativa da comunidade local Evento realizado na rua fechada contou com a presença e participação ativa da comunidade local Eduardo Lira
Texto de Eduardo Lira

Sustentabilidade e empoderamento feminino são conceitos que se antes não andavam juntos, agora não se desgrudam mais. Foi assim que a Secretaria do Estado da Mulher e dos Direitos Humanos (Semudh) e o Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA/AL) realizaram mais uma edição do Projeto Nossa Praia último domingo (8), na orla da Pajuçara, com atividades especiais voltadas para o Dia Internacional da Mulher.

Quem esteve de passagem pela Rua Fechada pôde notar a presença das tendas montadas para a prática de atividades físicas e exposições culturais e tecnológicas. A Semudh, através da superintendência de Políticas para a Mulher, promoveu uma roda de conversa sobre a importância do empoderamento feminino, além de oferecer assistência informando às participantes sobre a central de apoio contra casos de violência doméstica e cartilhas educativas.

“Nosso projeto junto ao IMA está gerando bons frutos e nós pretendemos expandi-la a partir da capacitação das mulheres atendidas pelo Centro Especializado em Atendimento à Mulher em Situação de Violência (CEAM), pelo ensino do cultivo de hortaliças, que possam servir como fonte de renda extra e também como uma forma de terapia, além dessa, há também a intenção de levarmos elas para realizarem passeios de barco visitando diversos locais do nosso litoral”, afirmou a superintendente de Políticas Para a Mulher, Dilma Pinheiro, sobre a importância da parceria entre Semudh e IMA.

Durante o evento, também estiveram presentes as integrantes da Associação dos Fibromiálgicos de Alagoas (Afibal) realizando a conscientização sobre a síndrome, que se manifesta com dor por todo o corpo, causa fadiga (cansaço), sono não reparador (a pessoa acorda cansada) e outros sintomas como alterações de memória e atenção, ansiedade, depressão e alterações intestinais, entre outros sintomas.

“Nós queremos que as pessoas possam compreender a fibromialgia como um problema sério de saúde que atinge milhares de brasileiras. O preconceito com essa enfermidade leva muitas de nossas mulheres a cometerem o suicídio por não terem pessoas que acreditem nelas. Nosso papel é prevenir e cuidar para que isso não chegue a acontecer. E a Semudh ofereceu total apoio na divulgação do nosso trabalho. Essa parceria torna viável a oferta de apoio psicológico e médico para as nossas mulheres. Nós já conseguimos salvar muitas vidas desde que abrimos nossas portas”, afirmou a presidente da Afibal, Arivane Costa.

Exposições

O número de mulheres empreendedoras tem crescido nos últimos anos e por isso, na mesma tenda da Semudh, aconteceu também a Feirinha Empoderada, que é um coletivo de mulheres empreendedoras com produtos e conversas sobre empreendedorismo feminino. 

“A Feirinha nasceu da ideia de duas garotas feministas que acreditam que é necessário apoiar a força e o potencial feminino para empreender. É importante que nós possamos ocupar esses espaços, levando esse empoderamento para a sociedade”, contou a idealizadora do projeto, Anne Elle.

Uma das expositoras, a empreendedora, Marina Gonçalves, construiu uma empresa de papelaria sustentável, que reaproveita embalagens de cosméticos para criar seus produtos. Ela acredita na importância do apoio e divulgação de negócios comandados por mulheres. “Hoje a gente tem assumido um protagonismo que não tínhamos antes. Esse projeto nos dá visibilidade e destaque, que é o que precisamos para crescer e nos fortalecer também”, destacou Marina.