Notícia

Mulher e Direitos Humanos

Secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos do Estado de Alagoas
Segunda, 05 Novembro 2018 15:47

Nota de repúdio sobre o ataque a CUT/AL

NOTA DE REPÚDIO

 

A secretária de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos vem manifestar seu repúdio ao ataque sofrido pela Central Única dos Trabalhadores de Alagoas, em razão da preocupante ação de vândalos que dispararam tiros na placa de identificação da entidade na data de 28 de outubro de 2018, por volta das 19:30, segundo relato de testemunhas, exatamente após o anúncio do resultado das eleições e, como é do conhecimento de toda a sociedade a Central Única dos Trabalhadores é uma instituição respeitada e que exerce a defesa dos direitos dos trabalhadores em nosso país, sendo esse ataque uma ação que fere toda a sociedade brasileira, já que esse tipo de atitude é resultado da intolerância que estamos assistindo em nosso país nos últimos meses e, certamente ela será ainda mais presente com o empoderamento de um grupo da nossa sociedade em razão do resultado das eleições.

A Secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos manifesta seu mais sincero apoio à Central Única dos Trabalhadores e se coloca à disposição a fim de que manifestações de violência e de intolerância como estas não se multipliquem em nosso meio, sob pena de gerar uma violência desenfreada e que atingirá toda a nação brasileira. Que a democracia vença a intolerância. Nosso apoio irrestrito à Central Única dos Trabalhadores e a todos pessoas e entidades que lutam pela manutenção da democracia em nosso país.

Maria José da Silva – Secretária de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos.