Notícia

Mulher e Direitos Humanos

Secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos do Estado de Alagoas
Quarta, 06 Fevereiro 2019 16:37
PARCERIA

Semudh e PM/AL se reúnem para planejar ações em 2019

Reunião realizada nesta quarta-feira (06) visou fomentar projetos ligados aos direitos humanos e defesa dos direitos da mulher dentro e fora da corporação

Semudh e PM/AL discutem ações voltadas para disseminação e proteção dos direitos da mulher em Alagoas Semudh e PM/AL discutem ações voltadas para disseminação e proteção dos direitos da mulher em Alagoas Joanna de Ângelis
Texto de Joanna de Ângelis

A secretária de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos (Semudh) Maria Silva, participou nesta quarta-feira (06) de reunião com o comandante geral da Polícia Militar de Alagoas, coronel Marcos Sampaio, juntamente com a superintendente de políticas para a mulher da Semudh, Dilma Pinheiro, e a major da PM e comandante da Patrulha Maria da Penha, Márcia Danielli.

O encontro buscou articular projetos e ações de cunho social entre a Semudh e Polícia Militar visando aprimorar e auxiliar tanto a corporação quanto a população de Alagoas, por meio de cursos e formações em direitos humanos, como também da disposição de atendimento psicológico e jurídico no Centro Especializado de Atendimento à Mulher - CEAM

 “Nós viemos aqui estreitar os laços entre Semudh e a Polícia Militar. As questões de violência contra a mulher em Alagoas precisam cada vez mais de atenção e sensibilidade dos gestores públicos na priorização do enfrentamento às demandas dos direitos da mulher. Precisamos de estratégias organizadas com os recursos de cada instituição parceira para continuarmos o combate a esse problema tão grave e tão frequente em nossa sociedade”, afirmou Maria Silva.

Pautas relacionadas à interiorização da Patrulha Maria da Penha com o intuito de ampliar o alcance da proteção dos direitos da mulher também foram temas da reunião. O coronel Marcos Sampaio enfatizou a relevância do trabalho realizado pela Patrulha como ferramenta de mudança no cenário da violência contra a mulher em Alagoas. “A Patrulha Maria da Penha veio preencher uma lacuna que faltava na instituição relacionada ao apoio às mulheres que estão em estado de vulnerabilidade. A Polícia Militar, junto com a secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos, proporcionou essa oportunidade de auxílio e proteção. É o início de um processo de mudança da sociedade. Como principal instituição de segurança pública de Alagoas, estamos atentos a essas questões e a parceria com a Semudh e com a Patrulha Maria da Penha, a tendência é que a gente consiga realmente dar o suporte para as mulheres que carecem desse atendimento”.

 PATRULHA PM SEMUDH

PROMOÇÃO E RECONHECIMENTO

O governador Renan Filho assinou o decreto nº 63.875, em 31 de janeiro deste ano, de promoção da agora major Márcia Danielli. Para a homenageada, “é uma responsabilidade ainda maior: “sinto-me hoje ainda mais comprometida com a missão que me trouxe até aqui. Tenho certeza que o nosso trabalho foi visto, observado e apreciado e a aprovação que recebemos não é para a major Danielli, e sim para todas as mulheres que se unem num propósito de crescer juntas, de proteger. Eu falo sempre: não adianta ter uma só mulher em postos estratégicos, nós vamos nos segurando, uma na mão da outra e dando a importância e a visibilidade que a causa requer, que é proteger ainda mais as mulheres que sofrem de violência doméstica”, destacou a major Márcia.

“Parabenizo o governador Renan Filho, juntamente com o secretário de Segurança Pública de Alagoas, coronel Lima Júnior, e o comandante geral da Polícia Militar, coronel Marcos Sampaio, pela mais que merecida promoção da nossa major Márcia Danielli, por todo seu trabalho e dedicação frente à proteção da população feminina em nosso Estado. É uma parceria que só tem a crescer. Estamos à disposição para ajudar e dar as mãos para todos os projetos que tenham como intuito o desenvolvimento dos direitos humanos em Alagoas”, completou a secretária Maria Silva.

HOMENAGEM

Em 2018, a major Márcia Danielli foi agraciada e homenageada em duas cerimônias pelo seu trabalho em prol das mulheres alagoanas: a Comenda Selma Bandeira, destinada para personalidades que se destacaram na promoção da segurança, proteção aos direitos humanos e no desenvolvimento social da população, entregue no dia 29 de outubro, e o Prêmio Alagoas de Direitos Humanos, realizado pela Semudh, voltado para nomes que lutam por uma sociedade mais justa e igualitária em direitos, promovido em 07 de dezembro.